Paris Filmes divulga o trailer oficial de ‘Depois a Louca Sou Eu’, dirigido por Julia Rezende e estrelado por Débora Falabella

                                           Louca

A comédia dramática 'Depois a Louca Sou Eu', de Julia Rezende, chega aos cinemas no dia 23 de abril e a Paris Filmes acaba de lançar o trailer oficial do filme, que apresenta ao público a personagem principal, Dani, interpretada por Débora Falabella. Veja neste link: https://youtu.be/IO2ATZzTM7s.

O filme aborda temas muito contemporâneos e urgentes: a ansiedade, o medo, o desejo de ser bem sucedida e a dificuldade de se relacionar em meio a crises que acompanham Dani desde a infância. ”Depois a Louca Sou Eu” leva para as telas uma história que mescla humor e drama num tênue, divertido e delicado retrato da chamada geração millenium.

Inspirado no livro homônimo e autobiográfico da escritora Tati Bernardi, com roteiro de Gustavo Lipstzein, o filme foi destaque na última Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no Festival do Rio ao discutir de forma corajosa questões atuais da geração de 30 e poucos anos.
A protagonista é uma mulher enfrentando seus medos: o medo da morte, das perdas, do fracasso, e sobretudo o medo da vida. Ela quer ser uma escritora de sucesso, mas antes sonha apenas em conseguir sair de casa, trabalhar, casar, viajar. Ela conta tudo aquilo que sentimos e temos vergonha de expor”, diz Julia Rezende.

Ela é atropelada por milhares de sentimentos e pensamentos que afetam seu cotidiano e os seus relacionamentos com todos, inclusive com a mãe superprotetora, Silvia, interpretada por Yara de Novaes. O elenco também conta com Gustavo Vaz, no papel de Gilberto, namorado de Dani; Duda Batista (Dani criança), Romulo Arantes Neto (ex-namorado), Evandro Mesquita (apresentador de TV), Cristina Pereira (avó de Dani), Debora Lamm (terapeuta constelação familiar) e Beatriz Oblasser (Dani adolescente).
Produzido por Mariza Leão, com coprodução da Globo Filmes e Miravista, Depois a Louca Sou Eu foi rodado durante sete semanas, em abril e maio de 2019, no Rio e em São Paulo. A distribuição é da Paris Filmes e Downtown Filmes, com codistribuição da Simba.

SINOPSE:
Jovem, intensa e autêntica, Dani só queria levar uma vida normal. Mas, desde criança, vive em descompasso com seu mundo. Enquanto encanta a todos com o talento que a torna uma brilhante escritora, ela tenta de todas as formas controlar seus medos e constantes crises de ansiedade. Comédia dramática.

ELENCO | PERSONAGENS

Debora Falabella - Dani
Yara de Novaes- Silvia
Gustavo Vaz- Gilberto
Duda Batista- Dani na infância
Romulo Arantes Neto- Kadu
Evandro Mesquita - Apresentador do “Johnny Show”
Cristina Pereira - Nona
Debora Lamm - Consteladora
Beatriz Oblasser - Dani na adolescência

FICHA TÉCNICA

Baseado na obra de Tati Bernardi
Direção: Julia Rezende
Produção: Mariza Leão - Morena Filmes
Roteiro: Gustavo Lipstzein
Direção de Fotografia: Pablo Baião
Direção de Arte: Fabiana Egrejas
Montagem: Maria Rezende
Trilha sonora original: Berna Ceppas
Figurino: Mel Akerman
Visagista: Emi Sato
Produtor de finalização: Thiago Pimentel
Produção Executiva: Camila Medina
Produção de Elenco: Marcela Altberg
Direção de Produção: Samantha Queiroz
Produtores Associados: Rosane Svartman e
Tiago Rezende
Técnico de Som: Felipe Machado
Coprodução: Miravista e Globo Filmes
Distribuição: Paris Filmes, Downtown Filmes
Codristibuição: Simba
Investimento: BB DTVM
Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Lei de Incentivo à Cultura, Lei do ISS
Apoio Cultural: Telecine

Globo Filmes | Coprodutora
Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 300 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’, ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar e Bacurau que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes 2019. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Miravista| Coprodutora

A Miravista é o selo da Buena Vista International para as coproduções na América Latina. O primeiro longa produzido pela Miravista, Ladies Night, estreou no México em 2003. No Brasil, a empresa já levou aos cinemas O Caminho das Nuvens, de Vicente Amorim; Viva voz, de Paulo Morelli; A Dona da História, Muito Gelo e Dois Dedos D’água e Primo Basílio, de Daniel Filho; O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger; O Casamento de Romeu & Julieta, de Bruno Barreto; Jogo Subterrâneo, de Roberto Gervitz; Didi - O Caçador de Tesouros, O Cavaleiro Didi e A Princesa Lili e O Guerreiro Didi e a Ninja Lili, de Marcus Figueiredo; A Máquina e Fica Comigo Esta Noite, de João Falcão; Caixa Dois, de Bruno Barreto; Inesquecível, de Paulo Sérgio Almeida; Chega de Saudade, de Laís Bodanzky; O Magnata, de Johnny Araújo; Polaróides Urbanas, de Miguel Falabella; A Mulher do Meu Amigo, de Claudio Torres; Quincas Berro D´água, de Sérgio Machado; O Bem Amado, de Guel Arraes; Vida Sobre Rodas, de Daniel Baccaro; Qualquer Gato Vira-Lata, de Tomás Portella; Odeio o Dia dos Namorados, de Roberto Santucci; Se Puder... Dirija! e Apaixonados, de Paulo Fontenelle; S.O.S. Mulheres ao Mar, de Cris D’Amato; Desculpe o Transtorno, de Tomás Portella; Até que a Sorte nos Separe 3, de Roberto Santucci; Um Namorado Para Minha Mulher, de Júlia Rezende; Amor.com, de Anita Barbosa e Cinderela Pop, de Bruno Garotti.

Paris Filmes | Distribuidora
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, primando pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais, como o premiado “O Lado Bom da Vida”, que rendeu o Globo de Ouro® e o Oscar® de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e “Meia-Noite em Paris”, que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias “De Pernas Pro Ar” e “Até Que a Sorte nos Separe”. Nos últimos anos a empresa esteve à frente de lançamentos como a franquia “John Wick”, além de “La La Land – Cantando Estações”; “A Cabana”; “D.P.A: Detetives do Prédio Azul - O Filme”; “D.P.A. 2 - O Mistério Italiano”; “Extraordinário”; “Nada a Perder”, entre outros. Para 2020, a companhia aposta em um line-up diversificado, que inclui títulos como “O Escândalo”, “Judy”, “Frankie”, “A Jornada”, “O Jardim Secreto”, “Depois a Louca sou Eu”, “Detetives do Prédio Azul 3 - Uma Aventura no Fim do Mundo”, “Sapatinho Vermelho e os Sete Anões”, “10 horas Para o Natal”, “Turma da Mônica – Lições”, entre outros.

Downtown Filmes | Distribuidora
Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2013 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até dezembro de 2017, a Downtown Filmes lançou 120 longas nacionais, que acumularam mais de 100 milhões de ingressos. Entre os maiores sucessos da distribuidora estão “Minha Mãe É Uma Peça 1 e 2”, estrelados por Paulo Gustavo; “De Pernas Pro Ar 1 e 2”, e “Loucas Pra Casar”, com Ingrid Guimarães; “Até que a sorte nos separe” com Leandro Hassum; “Chico Xavier”, “Elis”, “Fala Sério, Mãe!” com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, “Os Farofeiros” com Mauricio Manfrini e Cacau Protásio e “Minha Vida em Marte” com Paulo Gustavo e Monica Martelli. Em 2019, o lineup da Downtown conta com vários títulos, entre eles “Minha Fama de Mau”, recém-lançado, “Simonal”, “Eduardo e Monica” e “Minha mãe é uma peça 3”.

voltar